• RSS
  • As Viajantes no Facebook
  • Siga-nos no Twitter

Uma viagem à Berlim eletrônica

watergate - boate viagem a berlim

Watergate combina música e luz em Berlim. Veja vídeo no final deste post

O jornalista e amigo do blog Daniel Tambarotti, do blog Kiss My Beats, é um viajante musical. Muitas de suas viagens de férias são pautadas por shows, festivais de música ou simplesmente uma boa lista de noitada com som de qualidade nos destinos. Foi assim que ele se encantou com Berlim. Se você se identificou, confere aí as dicas dele para curtir a noite na capital alemã.

Leia também:
As várias faces do muro de Berlim
Pelas ruas de Berlim
Berlim, uma declaração de amor!

“Berlim é hoje a cidade mais importante do mundo quando o assunto é música eletrônica. Casa de selos, clubes, DJs e produtores importantes, a produção de dance music na cidade é sempre inovadora. A noite é um verdadeiro paraíso para quem gosta de noitadas, gente animada, muito techno e muita house. Abaixo vai um guia para não se perder pelas baladas de Berlim.

Watergate – Talvez seja, junto com o Panorama, um dos melhores e mais importantes clubes da cidade e do mundo hoje. Dançar na pista do segundo andar com aquele tapete de Leds no teto é inesquecível. Da pistas de dança se vê  o Rio Spree lá embaixo. TODO MUNDO que importa hoje toca ali. Vi os caras do Hot Chip, volta e meia dona Ellen passa por lá, Luciano e Villalobos, os caras da Get Physical, showcase da Innervisions, Modeselektor… Nível altíssimo. (Vê lá embaixo tem um vídeo com o show de luzes)

Berghain/Panorama Bar – Dois lugares num só. É 85% gay. Embaixo é um clube voltado para o techno (com uma noite de dubstep por semana). No terraço é o Panorama Bar, de som mais house/cool. Não há revista/site/DJ no mundo que não cite esse clube como o mais importante pra música eletrônica hoje. E, veja você, não é permitido tirar fotos lá dentro.

O lugar é um prédio abandonado que foi uma antiga central elétrica nazista. E fica MUITO escondido. Uma rua sem saída, escura. Me lembrou a área dos armazéns do centro do Rio. Quase desisti de entrar na rua, tal era o breu. Sábado é o dia pra ir, mas a noitada + after se estende até o fim da tarde de domingo. Haja hedonismo.

Club Weekend – Fica na Alexanderplatz (a praça da torre de TV, centro nervoso da cidade). Megabombado também, fica num prédio, e ocupa os andares 12 e 13 do edifício.

Club 103 – Fica exatamente ao lado do Watergate. É bacana e tal, mas recomendo ir se tiver alguém fodão tocando (quem já passou por lá: Stanton, Justice, Chromeo, Howie B, James Lavelle…) É um lugar sujo, grafitado, mas com som bom, iluminação legal e duas pistas.

Club Maria (http://www.clubmaria.de) – Está na lista de dicas do site da BPitch Control, gravadora da Ellen Allien e tem um perfil mais house. Sempre vale dar uma olhada na programação.

– O Tresor, importante nos anos 90, reabriu recentemente sem o brilho de antes. Pode ser uma boa opção.

– Ainda valem um check it out: Arena Club e Bar 25, este, também debruçado no Rio Spree, abre apenas no verão.

Se sua onda for mais rock ‘n’ roll, o Club Der Visionnaire é uma boa, apesar de também ter noites com DJs de eletrônica. O White Dragon, pertinho da Rosa Luxemburgo Platz, é um inferninho rock ‘n’ roll enfumaçado, pista pequena e barulhenta e decoração com objetos chineses.

Mas atenção: todos esses clubes encrencam com muitos homens chegando juntos, grupos grandes, etc. No fim das contas, Berlim tem uma door policy bem escrota – os clubes são neuróticos com quem ‘cai de paraquedas’. Por isso, é bom chegar cedo, mais ou menos entre 23h30 e meia-noite, já que eles podem começar a barrar na porta por causa de lotação também.

Saber quem está tocando na noite também manda bem. O ‘selector’ vai sacar que você não é otário e sabe o que está rolando ali dentro.”

Siga As Viajantes no Twitter

Veja onde se hospedar em Berlim.

Personal Trip

About the Author

De moto, barco, carro, avião, trem ou ônibus, para Alícia o importante é viajar, conhecer lugares novos, sem deixar de desbravar o Brasil.

Deixe uma resposta

Você pode usar estas tags xHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <blockquote cite=""> <code> <em> <strong>