• RSS
  • As Viajantes no Facebook
  • Siga-nos no Twitter

Hora de fazer as malas

Se boa parte da graça da viagem está no planejamento dela, a arrumação das malas – talvez pela proximidade com a hora do embarque – é um momento de pura animação, ao menos para mim. Graças aos muitos erros que já cometi em viagens mesmo para a casa dos meus pais, no interior de Minas, fui aprendendo e pegando algumas manhas. Então o que se segue abaixo, se não são exatamente dicas, são recomendações que eu procuro seguir para evitar descompassos. Espero que sejam úteis para quem lê.

– Faça uma lista do que você pretende levar, de preferência com antecedência. Desta forma você consegue contabilizar de fato quantas peças está levando, calcular se elas serão suficientes para o período da viagem e dar conta do que possa estar ainda no cesto de roupa suja da sua casa;

– A tentação de levar aquela blusa que você adora pode ser grande, mas é bom pensar que pode virar uma roubada: sua mala pode ser extraviada ou ela pode, simplesmente, encolher na secadora da lavaderia local e virar uma roupa de boneca (experiência própria);

– Melhor do que atochar a mala de roupas que quase não combinam entre si, o ideal é apostar em peças básicas e pensar que quanto mais você conseguir variar com elas, mais eficiente está a sua mala. E lembre que acessórios (colares, brincos, pulseiras, lenços e cintos) ocupam menos espaço e podem ser valiosos na hora de incrementar um visual;

– Levar roupas que precisem ser passadas a ferro também pode ser uma roubada. Ou você só leva malha, jeans e afins ou faz como turistas europeus no Brasil e anda amassadinho por aí, numa boa;

– Pense nos extremos: se você for para a neve pode encontrar um hotel com piscina térmica; na praia, pode bater uma brisa mais fresca. O recado aqui é: um bíquini e um casaco em qualquer mala nunca são demais;

– O mesmo vale para chinelos. Vai que você faz um passeio incrível e acaba num daqueles hotéis de beira de estrada em que não dá nem para pensar em tomar banho descalço? Outra lição aprendida com a prática…

– Ninguém bate perna com conforto usando salto alto. Se eles forem mesmo indispensáveis, leve apenas um par e garanta a felicidade de seus pés com tênis, botas ou sapatos rasteiros – e confortáveis, sempre;

– Uma toalha daquelas esportivas de alta absorção ocupa pouco espaço e pode ser muito útil, especialmente em passeios mais longos daqueles em que se pernoita na estrada;

– Uma mala dobrável e leve para as compras é quase tão importante quanto lingerie, a não ser que você esteja disposto a adquirir no seu destino de viagem;

– Se, antes de embarcar, sua mala já está com peso quase insuportável, reveja sem piedade o que pode ficar na sua casa. Mesmo com a mala para compras é possível que você volte trazendo mais coisas do que levou. Mala pesada acaba com o humor de qualquer um e não é em qualquer lugar que você vai encontrar alguém disposto a ajudar a descer ou subir escadas com esse peso;

– Dependendo do seu destino, pode ser mais prático comprar desodorante, shampoo, condicionador e afins lá. Mas é bom avaliar se isso será fácil ou sofrível. Em grandes cidades brasileiras, sulamericanas ou europeias é moleza. No interior ou em países menos desenvolvidos pode ser um risco. O mesmo vale para absorventes, que em alguns lugares simplesmente não existem;

– Para finalizar, uma dica já manjada, mas que às vezes é deixada de lado: quando viajar de avião, leve uma bagagem de mão com um kit básico de sobrevivência que inclua pelo menos uma muda de roupa. Vai que sua mala é extraviada…

Versão deste post para impressão.

Personal Trip

About the Author

Flávia tem viagens planejadas para os próximos cinco anos, pelo menos. Só tem um porém: todas precisam de uma parada em Paris.

Uma resposta para “ Hora de fazer as malas ”

  1. Olá! Parabéns pelo blog! Adorei as dicas! Para não correr riscos de malas extraviadas e viajar tranquila, sempre viajo somente com bagagem de mão.
    Neste vídeo dou dicas de como montar uma mala compacta para uma viagem a Europa no outono ou primavera! Pode ajudar muitos passageiros.
    Este é o vídeo (Parte 1 – http://www.youtube.com/watch?v=i_zmrWKRXGI e Parte 2 http://www.youtube.com/watch?v=b2pP1ZrOX40)
    Abraços,
    Cristina Marinho

Deixe uma resposta

Você pode usar estas tags xHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <blockquote cite=""> <code> <em> <strong>