• RSS
  • As Viajantes no Facebook
  • Siga-nos no Twitter

Dicas simples para prevenir assaltos

Você é do tipo de viajante que gosta de se desligar de tudo nas férias? Para você, viajar é sinônimo de relaxar totalmente e esquecer qualquer vínculo com a rotina do dia-a-dia? A gente concorda que as férias são um momento muito especial, mas é preciso ter um mínimo de cuidado e atenção com bagagem e objetos pessoais durante uma viagem, principalmente se seu destino é uma grande cidade.

Depois de ouvir, recentemente, relatos de assaltos vindos de diferentes amigos do blog, paramos para pensar se tomamos algum tipo de cuidado com segurança quando estamos viajando. Principalmente nas grandes capitais, pequenos furtos são muito comuns e acabam gerando uma enorme dor  de cabeça. Desse papo entre nós, saíram as cinco dicas básicas que listamos abaixo. São observações até meio óbvias, mas que na hora da diversão, sequer nos damos conta de que não estamos seguindo. Se você tem mais alguma dica ou história pra contar, deixe em nosso espaço de comentários!

locker albergue lisboa / Foto: Isabella Motta

Albergue em Lisboa tinha locker embaixo da cama

– Use sempre porta-dólar, aquela ‘pochetinha’ que se usa por baixo da roupa, típica de viagens internacionais. Pode ser incômoda, mas ainda é a forma mais segura de manter dinheiro e documentos junto ao corpo. Guarde ali dinheiro e documentos importantes, como o passaporte. Se precisar retirar algo, faça num lugar discreto.

– Não guarde todo seu dinheiro num único lugar. Com a chegada do cartão VTM ao mercado (leia mais sobre ele clicando aqui), há quem prefira viajar com uma quantia em dinheiro, outra no cartão de débito. Se você não gosta dessa ideia, guarde uma pequena quantia do seu orçamento num lugar diferente, como o cofre do hotel/albergue ou o bolso de uma calça, para eventuais emergências. Quando a Alícia teve a carteira roubada em Buenos Aires, ela descobriu que lá o registro de ocorrência na delegacia é pago. E ela precisava dele para dar entrada na segunda via do passaporte no consulado. Sorte que uma parte do dinheiro estava separada do resto…

– Se for se hospedar em albergue, prefira os que têm locker no quarto. Também é bastante útil ter um cadeado extra pois alguns albergues oferecem o armário sem cadeado. Se na pior das hipóteses o lugar não tiver sequer o armário, sua mala terá uma dificuldade a mais para ser aberta.

– Ainda sobre albergues, alguns distribuem pulseiras de identificação entre seus hóspedes, mas é aconselhável tirá-las ao sair. Além de não servirem de nada na rua, chama atenção para o fato de que você não é da cidade. Se o seu albergue possui identificação (endereço, principalmente) na chave, o ideal é deixá-la na recepção, assim, caso você seja assaltado ninguém terá a chave do seu quarto.

– Não tire os olhos de sua bolsa, principalmente em locais muito cheios. Pode parecer um aviso bobo, especialmente para brasileiros, mas os batedores de carteira estão aguardando exatamente um momento de distração dos turistas para agir.

Siga asViajantes no twitter

Versão para impressão deste post disponível aqui

Personal Trip

About the Author

Pelo Brasil ou exterior. Sozinha ou acompanhada. O negócio é botar o pé na estrada. Tem coisa melhor?

Deixe uma resposta

Você pode usar estas tags xHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <blockquote cite=""> <code> <em> <strong>