• RSS
  • As Viajantes no Facebook
  • Siga-nos no Twitter

Cuidados para viajar sem estresse durante a gravidez

Compras para enxoval de bebê Estados UnidosNão adianta. De uns anos pra cá, toda grávida pensa em viajar durante a gestação, seja pra fazer uma última lua de mel antes da prole nascer, pra fazer o enxoval, ou os dois – sim, é possível! Saiba como aqui. Então, pega o calendário ai e vamos começar a planejar.

 

A primeira coisa é ver quantos dias de folga/férias você vai ter disponível e com quantas semanas vai estar. Depois, consulte o seu médico sobre a viagem. No geral, recomendam o segundo trimestre da gravidez. Isso porque, no primeiro, você pode estar mais vulnerável e ainda não fez muitos exames pra saber como anda do bebê.

 

Lembre-se de que grávida precisa comer de três em três horas, sente mais sede e faz muito mais xixi. Então, é bom pensar nessa logística quando for decidir por um destino que vá fazer ficar muitas horas num avião, carro ou ônibus. Há casos de mulheres com problemas de circulação durante a gravidez em que médicos sugerem o uso de meias especiais para minimizar os incômodos de ficar muito tempo sentada. Além disso, prefira roupas leves e confortáveis, como malha e algodão, e sapatos que não machuquem ou apertem, como sapatilhas. No meu caso, como levantei bastante pra fazer xixi, isso acabava me obrigando a levantar mesmo e a ficar um tempo em pé e dar uma caminhada pelo avião.

 

Se for de avião, outro cuidado fundamental antes de compra a passagem é verificar no site da companhia aérea as regras para grávidas. Na prática, isso vai te dizer a partir de quantos anos cada empresa exige autorização médica para embarque na ida e na volta e se há a exigência do preenchimento de algum formulário específico. E, não esqueça, com ou sem necessidade de autorização médica, avise no guichê do check in da sua condição para garantir atendimento especial tanto no embarque, quanto durante o voo e leve uma ultra que comprove o tempo de gestação para evitar surpresas. De navio, as restrições são maiores, não deixe de se certificar com a operadora os detalhes pra não morrer na praia.

 

NÃO VÁ DE GOL – Se o seu voo for internacional, a minha única ressalva é não viajar de Gol. Inacreditavelmente, eles usam o mesmo tipo de aeronave dos sofríveis voos domésticos e a passagem não é mais barata do que em outras companhias aéreas com aviões maiores. Eu, que tenho só 1,50m e tava só 4kg acima do meu peso original, sofri, fiquei imaginando as outras pessoas do voo – grávidas ou não. O único alívio é que você não fica condenado a comer só amendoim no percurso. Por via das dúvidas, como meu corpo tem reclamado se eu não comer certinho de três em três horas, levei biscoitos na bolsa.

 

PRIORIDADES – No Brasil você vai ter prioridade em todos os guichês, inclusive no do setor de checagem de passaportes da Polícia Federal. Mas nos Estados Unidos, por exemplo, nananinanão. Fui quase a última da fila do meu voo no processo de imigração e fiquei lá quase uma hora em pé sem trégua. Para agilizar um pouco o processo, vale levar caneta na bolsa de mão e já descer no país com o formulário preenchido.
Personal Trip

About the Author

De moto, barco, carro, avião, trem ou ônibus, para Alícia o importante é viajar, conhecer lugares novos, sem deixar de desbravar o Brasil.

2 Respostas para “ Cuidados para viajar sem estresse durante a gravidez ”

  1. Eu tive uma gravidez bem tranquila, inclusive consegui fazer uma viagem internacional numa boa, na época! Sobre seguro Lucia, indico o http://www.touristcard.com.br Eles dão até um desconto p/ quem apresentar o cupom promocional. Esse é o meu:tourist15. Pode usar! beijos

  2. Ótimas dicas! Estou c/ uma viagem marcada p/ NY, nas minhas férias, no final de fevereiro. E descobri que estou grávida! Rs =] Nessa nova condição, decidi por fazer um seguro viagem. Alguém pode me indicar uma boa empresa? Obrigada e bjs.

Deixe uma resposta

Você pode usar estas tags xHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <blockquote cite=""> <code> <em> <strong>