• RSS
  • As Viajantes no Facebook
  • Siga-nos no Twitter

Comer, andar e comprar em Buenos Aires

Paza Serrano: endereço de bons restaurantes e comprinhas

Paza Serrano: endereço de bons restaurantes e comprinhas

Como a Dani já disse aqui no blog, Buenos Aires é um destino que vale a pena ser revisitado sempre. Sem muitas ideias nem dinheiro para uma big viagem este ano, resolvi voltar à capital argentina depois de muito tempo. E adorei tudo de novo! Passei uma semana lá com minha mãe e consegui dividir bem o tempo entre ‘re-conhecer’ a cidade e aproveitar o que ela tem de melhor a oferecer: ótimos restaurantes e boas compras. Essa dupla vocação de Buenos Aires não é novidade, mas sempre há novos endereços a se explorar. Se BasAs está nos seus planos, aqui vai um breve roteiro de alguns programas básicos e outros nem tão famosos assim:

Carnes e mais carnes: se o seu objetivo é experimentar todos os tipos e cortes de carne de que os argentinos tanto se orgulham, uma boa opção é o El Trapiche, em Palermo. É um restaurante daqueles tradicionais familiares, barulhentos, enormes, para se comer bem! Com um cardápio repleto de pratos típicos argentinos, eles oferecem bifes de lomo, chorizo, além de porco, coelho e opções de peixe e frango. Além da vasta lista de carnes, o lugar também oferece uma boa carta de vinhos.

El Trapiche tem boas opções de carnes e vinhos

El Trapiche tem boas opções de carnes e vinhos

Moderninhos: depois de um demorado passeio por Palermo, minha sugestão é escolher um dos muitos restaurantes charmosinhos espalhados pelo bairro que oferecem menu completo com entrada, prato principal e sobremesa por um preço fechado. Vale muito a pena. Optamos pelo L’école de gastronomie, onde o menu completo custava cerca de 80 pesos (em torno de R$ 40).

Pães: outra grata surpresa de Palermo foi o Barack. Fui lá para tomar um café com uma amiga argentina e voltei apaixonada. É uma casinha pequena, de esquina, com mesinhas na rua e um terraço na laje. O cardápio tem algumas opções de refeição, mas o forte são os pães feitos lá mesmo. Pedimos uma combinação de pastinhas que foi de comer rezando!

Massas: em San Telmo, no meio de todos aqueles restaurantes para turistas, descobrimos o Sr. Telmo. Com jeito de cantina italiana, a especialidade são as massas e pizzas bem servidas e a preços honestos. Eu optei por spaguetti com molho de salmão e funghi e minha mãe, pela mesma massa com molho de manjericão e tomate seco. Os dois foram aprovadíssimos.

Outlets: agora vamos às compras! Se você busca por roupas de grife e tênis a preços mais em conta, vá direto à Avenida Córdoba, altura da Rua Armenia. São várias lojas, uma ao lado da outra, por três ou quatro quarteirões. No caso dos tênis, o melhor é vasculhar tudo e só depois comprar pois há diferenças de preços e de modelos entre as lojas. Para as grifes, ande mais um pouco pelas ruas Serrano ou Armenia até cruzar com as ruas Loyola ou Aguirre. A região de Villa Crespo é bem residencial e parece que você está no caminho errado, mas é só impressão, ali é o mapa da mina (que eu descobri graças a esse blog aqui, escrito por uma brasileira que mora em Buenos Aires). Ficam ali os outlets da Puma, Lacoste e algumas marcas de couro. Vale a visita. Ah sim, não tem estação de metrô próxima, é melhor ir de ônibus ou, se tiver disposição, a pé mesmo.

Diseñadores: outlets são incríveis, ok, mas nada substitui um modelito mais original, na minha opinião. Pra quem gosta de uma roupinha diferente, Palermo também é ‘o’ lugar. Como fiquei hospedada nesse bairro, bati muita perna por ali e fiz questão de anotar tudo pra contar aqui! Na Rua Jorge Luis Borges tem a Patidifusa, de sapatos. Perto dali, na mesma rua quase chegando na Plaza Serrano, tem a Palito Bombón Vestite, com saias e casacos de estampas lindas. Já na praça, visite a Verbo, um galpão espaçoso que abriga as criações de um monte de jovens estilistas (se programe direitinho pois eles não abrem segunda-feira!). Na Rua Armenia também há várias lojas descoladas, mas um pouco mais caras. Nas andanças por Palermo, fique de olho pois algumas lojas distribuem um mapa só do comércio e hospedagem na região. É bastante útil.

Feiras: descobrir endereços escondidos é uma delícia, mas não tem como fugir da tradicional feira de San Telmo quando o assunto é compras. Ela é um charme e toda a cidade vai pra lá aos domingos. Mesmo que você queira apenas dar uma volta, dificilmente sairá de lá de mãos abanando… Sem falar nas lojas que pegam carona no sucesso da feira e acabam cheias de turistas.

A Alicia Maravilla ocupa um sobrado fofo no Caminito

A Alicia Maravilla ocupa um sobrado fofo no Caminito

As barracas do Caminito também valem uma olhada, principalmente aquelas que ficam fora do burburinho, um pouco mais distantes e que cobram mais barato pelos mesmos produtos. Também no Caminito, não deixe de visitar o ateliê conjunto Alicia Maravilla, um sobrado fofo que abriga um grupo de diseñadores independientes. Da decoração às roupas, tudo uma graça, bem colorido e criativo! Só tem um problema: a maioria das peças é tamanho único, o que acaba sendo muito pequeno para as brasileiras…

Se você também tem alguma dica bacana de Buenos Aires, escreva para nós! Novidades são sempre benvindas!

Na dúvida onde se hospedar? Dê uma olhada neste link.

Para imprimir este post, clique aqui

Siga As Viajantes no Twitter

Personal Trip

About the Author

Pelo Brasil ou exterior. Sozinha ou acompanhada. O negócio é botar o pé na estrada. Tem coisa melhor?

7 Respostas para “ Comer, andar e comprar em Buenos Aires ”

  1. Oi James,

    Que bom que você gosta do nosso blog! 🙂
    Estive em Buenos Aires em 2010, já tem um tempinho… Por isso não sei te dizer se os preços deste link estão corretos. Mas uma coisa eu te aviso: já em 2010 essa coisa de que tudo em Baires é a metade do preço do Brasil é uma lenda… A capital argentina continua sendo uma ótima opção para quem não quer gastar muito e para uma viagem rapidinha, mas não vá achando que tudo está a preço de banana. Vai se surpreender.
    Boa viagem!
    Abraços!

  2. Isabella, eu gostaria de saber de vocês se os preços em Buenos Aires estão corretos nessa lista: http://migre.me/dpKFs
    E quanto custa pra assistir futebol em Buenos Aires?
    Obrigado e parabens, amo esse blog.

  3. Oi Franv’s!

    Que bom, espero que te ajudem! 🙂
    Não deixa de passear bastante por Palermo e de fazer um lanchinho no Barack. Acho que você vai adorar.

    Boa viagem e depois conta aqui como foi.

    Beijos

  4. Amei as dicas, Isa!
    Viajo pra lá na segunda e ficarei por 11 dias…
    Beijo

  5. Que bom que vocês gostaram! 🙂

    Os beijos já foram dados, Munik! Voltando com mais dicas, conte pra nós aqui no blog.

    beijos

  6. Muito bom Isabella! Adorei as dicas da lojinhas descoladas. Estou indo em maio e estou aceitando (e colhendo) muitas dicas! Dê um beijo enorme nas meninas: Flavia, Alicia e Clarissa. Elas foram minhas estagiárias a long time ago….rsrsrs
    bjusss

  7. vou conferir suas dicas no carnaval. só esqueceu de falar dos vinhos, adoooooooooooro!

Deixe uma resposta

Você pode usar estas tags xHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <blockquote cite=""> <code> <em> <strong>