• RSS
  • As Viajantes no Facebook
  • Siga-nos no Twitter

Bate-e-volta a partir de Londres

É verdade que Londres é o tipo de cidade onde é possível passar a vida toda e ainda assim ter novidades diárias. Mas para o viajante que não resiste à tentação de conhecer um lugar novo, há várias opções de bate-e-volta partindo da capital inglesa. Todas são acessíveis de trem.

Bate-e-volta sem precisar de muito planejamento

É bem verdade que as passagens estão longe de ser uma grande pechincha mas comprar com cerca de 3 meses de antecedência ajuda a encontrar preços mais em conta. Além do mais, não raras vezes há algumas promoções em que duas pessoas viajam pelo preço de uma. Por isso, quem está com vontade de viajar pela Inglaterra deve começar a olhar as passagens de trem junto com a passagem aérea.

O modo mais fácil de comprar os tickets  é pelo site da National Rail. Londres tem mais de 10 de estações de trem e cada destino sai de um lugar diferente. Para facilitar a vida o melhor é escolher como ponto de partida London All Stations. O próprio site vai te indicar qual é a estação para o destino que você escolher. Depois é só ficar atento para não pegar o metrô para o lugar errado.

Agora a parte mais difícil, escolher o destino do bate-e-volta:

OXFORD
Não há como fugir, a principal atração de Oxford é a universidade. Mas não é  uma universidade. É a melhor universidade do mundo. E os prédios são absolutamente deslumbrantes. Há diversos campus e todos tem em comum prédios históricos, no estilo gótico, super bem cuidados. Em alguns prédios a entrada é paga mas vale a pena. A cidade é pequenininha, com prédios históricos e um centro para pedestres que é um charme. Além disso, tem um clima jovem (pudera, é uma cidade universitária) com bares cheios e animados. Um programão para quem curte história, arquitetura e Harry Potter (a maior parte das cenas de Hogwarts foram gravadas lá e não faltam tours) .

CAMBRIDGE
Tem um estilo bem parecido com Oxford. Mas não ouse falar isso para nenhum morador de lá. A rivalidade entre as duas cidade é histórica principalmente por causa da universidade. Rivalidade louca mesmo. E isso fica bem claro na clássica regata que acontece no Thames e divide Londres em 2. Lá também o principal ponto turístico são os prédios das universidades.

Stonehenge, um passeio pertinho. Perfeito para um bate-e-volta.

BATH
É considerada a cidade mais bonita da Inglaterra. A cidade é pequena e os prédios em clima medieval completam o charme. O lugar é muito procurado por quem adora spa e tratamentos com águas térmicas (o nome não é à toa). Tem também um passeio de balão que, apesar de caro, é super bem recomendado.

BRIGHTON
É um balneário super charmoso onde os londrinos se refugiam quando chega o verão. A praia é de pedra e sem ondas e se o dia estiver quente eu aconselho levar biquíni e sunga porque o banho de mar é bem refrescante. Aliás, Brighton é uma cidade que eu acho que só vale a pena com tempo bom mesmo. Isso porque ela gira em torno do píer e de restaurantes na orla pra encarar um pint e fish and chips. (Ou caviar e champanhe, se o orçamento permitir). Um clima bem parecido com a Rua das Pedras, em Búzios, no Rio.

STONEHENGE
É o sítio arqueológico mais famoso da Inglaterra com aquelas pedronas. O caminho é um trem até a cidade de Salisbury, que tem uma catedral linda e também abriga um dos originais da Magna Carta. De lá, se chega até Stonehenge em um ônibus de turismo. Perfeito para uma day trip. É bem legal para quem se interessa por história ou mistérios, já que até hoje ninguém descobriu como aquelas pedras saíram do País de Gales e foram parar ali daquele jeito.

CANTEBURRY
É famosa por ter a catedral mais linda da Inglaterra. A cidade tem um clima medieval com prédios bem cuidados. A catedral é o principal ponto turístico e o prédio é tão deslumbrante que vale uma visita.

WINDSOR
É a cidade do castelo de Windsor, onde a família real vive parte do ano. Também em Windsor fica a Legoland. É bem legal para quem adora castelos, se interessa pela história inglesa ou pela história da família real.

Manchester, um pouquinho mais longe mas irresistível para quem gosta de futebol.

Um pouco mais longe (tipo 2h30 pra ir e mais 2h30 pra voltar):

MANCHESTER
Bacana para que curte futebol. O Old Trafford é bem legal. Eu achei a cidade um pouco decepcionante. Manchester foi um dos berços da revolução industrial então há ainda muitos prédios que lembram esse período, com arquitetura um pouco sem graça. Mas quem curte shows deve ficar de olho. Quase todos os grandes artistas que se apresentam na Inglaterra tocam lá. Pode ser uma boa opção para os shows (quase sempre) esgotados de Londres.

LIVERPOOL
Encarar cinco horas de trem num único dia pode parecer meio pesado mas isso vai depender de quanto você é fã dos Beatles.

Personal Trip

About the Author

Destinos exóticos e desconhecidos. É em lugares assim que Reba prefere passar as férias. Isso deve ser uma desculpa para poder passar os outros 11 meses do ano planejando a viagem.

4 Respostas para “ Bate-e-volta a partir de Londres ”

  1. Brighton é de longe minha cidade preferida! É um estilo meio laid-back, com frutos do mar, mercadinho hippie, clima de praia (embora, bem, tá longe de ser minha praia preferida, mas o clima da orla é uma fofura).
    Super recomendo a ida!

  2. Oi Manoel,
    A estação é a Shepherd´s Bush, na Cetral Line (linha vermelha).
    O endereço fica bem pertinho da estação.
    Beijo

  3. Olá, gostaria de saber a estação de metrô mais próxima para 3 – 5 Rockley Road – Londres. Obrigado.

  4. A cidade de Londres é incrível e fantástica! Durante o meu intercâmbio na Inglaterra, eu tive a oportunidade de tomar um curso de inglês em Londres e aperfeiçoei muito os meus conhecimentos de inglês. Eu estudei na escola Sprachcaffe e foi bastante interessante. Vale a pena viajar à Inglaterra especialmente à Londres.

Deixe uma resposta

Você pode usar estas tags xHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <blockquote cite=""> <code> <em> <strong>