• RSS
  • As Viajantes no Facebook
  • Siga-nos no Twitter

Munique, espírito carioca na Alemanha

munique oktoberfest.peq

Pavilhão onde acontece a Oktoberfest

Quando se fala em Alemanha, uma palavra logo vem à cabeça: cerveja. E, na minha opinião, quando se chega a Munique essa palavrinha mágica pulsa ainda mais forte. Em tempos de valorização do espírito carioca por conta da escolha do Rio para sediar as Olimpíadas 2016, eu preciso dizer: Munique e Rio têm muito em comum. Capital da região da Baviera – ao sul da Alemanha -, Munique é uma cidade que exala alegria de viver. Estive lá no fim de abril e, saindo de uma Berlim gelada, encontrei temperaturas bem mais agradáveis e muitas, muitas pessoas nas ruas, nos bares, restaurantes… Parece ou não com o Rio?

De maioria católica e visivelmente desenvolvida economicamente, Munique é sede de muitas das grandes empresas alemãs, como a BMW. Como estamos falando de uma das maiores cidades alemãs, chegar lá é bem fácil, seja de avião ou de trem. Hauptbahnhof é a principal estação, de onde chegam e saem trens de todo o país. Eu vinha de Colônia e fiz uma viagem bastante tranquila e agradável. A estação é movimentadíssima, praticamente um aeroporto! Aqui vai uma dica: ela tem três saídas, fique atento a sua pois é muito fácil se perder por ali.

munique torre.peg

Chinesischer Turm, símbolo do mais antigo biergarten de Munique

OS JARDINS DE CERVEJA

Uma das principais tradições de Munique, os biergarten (“jardins de cerveja”) são espaços ao ar livre, normalmente com muito verde em volta, onde os alemães se encontram para confraternizar e, claro, beber cerveja.

O primeiro biergarten foi construído em 1791 e funciona até hoje. Ele fica no Englischer Garten e tem como símbolo a Chinesischer Turm (torre chinesa). Nos biergarten, você escolhe a cerveja (há dezenas de opções) e compra diretamente no balcão. É comum você ser obrigado a deixar 1 euro além do valor da sua conta para garantir a devolução da caneca. E nem pense em não devolvê-las, quem anda com caneca na mão pode ser abordado por um policial que vai querer conferir se você comprou ou roubou as canecas dos Biergartens. E não adianta dizer que comprou, elas tem uma marcas gravada para evitar confusões.

O mais famoso biergarten, no entanto, fica em Theresienwiese, onde acontece a principal festa da cidade, a Oktoberfest. Em abril, o parque recebe o Festival da Primavera, com um enorme parque de diversões e shows de música local. É uma boa oportunidade para entrar em contato com a cultura rústica da Baviera, totalmente diferente do que se vê em Berlim.

APROVEITANDO O BOM TEMPO

Já deu para perceber que há muitos programas ‘outside’ em Munique, não é? Uma boa pedida é aproveitar o tempo bom para dar um passeio de fim de tarde no Olympiapark. Construído em 1972 para receber as Olimpíadas, até hoje o parque é uma importante região de lazer para os moradores da cidade. A estrutura é de dar inveja a uma futura cidade-sede dos Jogos Olímpicos, com áreas reservadas para a prática de várias modalidades olímpicas. O passeio (superagradável) tem que incluir uma visita ao estádio olímpico e um tempo para admirar sem pressa os lagos e verde do local. Mas não deixe pra comer nada lá pois não há muitas opções e o que tem é caro.

munique cerveja

Impossível resistir...

Outra boa pedida para os dias claros é bater perna pelo centro da cidade e redondezas. Para não perder tempo e conhecer um pouco mais sobre a história da cidade (você sabia que ela já foi capital do Império Germânico?), uma boa opção são os walking tours (muitos marcam suas saídas de albergues). Eu optei por um deles e não me arrependo. Além de otimizar meu city tour com um guia que era uma figura única, aprendi muito sobre Munique. Entre os pontos imperdíveis: Neues Rathaus (a prefeitura) e Marienplatz, Viktualienmarkt (um dos mais famosos biergarten da Alemanha) e Hofbräuhaus (um dos mais antigas cervejarias da Alemanha. A HB é visita obrigatória em Munique já que ela é símbolo da cidade. Uma vez no local tente uma mesa no segundo andar, lá você foge dos turistas e bebe cerveja junto com os simpáticos alemãs), Hofgarten (jardim do palácio real) e Englischer Garten (que possui o dobro do tamanho do Central Park), com sua Chinesischer Turm.

Ainda sobre passeios ao ar livre, Hofgarten e o Englischer Garten são ótimos lugares para se fazer piqueniques. O Englischer Garten é o lugar preferido dos moradores de Munique para desfrutar de um dia ensolarado. No verão, o parque fica lotado e é bom chegar cedo para garantir um espaço para esticar sua toalha. Em dias quentes, também é bastante comum ver as mulheres fazendo topless.

munique englischer garten

Englischer Garten cheio. E nem era verão ainda!

A TRÍADE DE MUSEUS

Engana-se que pensa que Munique vive só de cerveja. A cidade é um dos grandes centros artísticos da Alemanha e abriga importantes coleções exclusivas. Em um mesmo quarteirão, você encontra a principal tríade de museus de Munique: Alte Pinakothek, Neue Pinakothek e Pinakothek der Moderne. É programa obrigatório. Como cada um abriga obras de arte de um período histórico, é melhor escolher um por dia para aproveitá-los ao máximo sem se cansar muito. Além deles, a Haus der kunst (Casa da Arte) vale uma visita (os museus alemães rendem muito assunto, por isso vou falar sobre eles num outro post).

HOSPEDAGEM

Minha dica é o Wombat’s City Hostel. Funcionários simpáticos, café-da-manhã delicioso e bem variado, além de muito bem localizado – ele fica praticamente em frente à estação de trens de Hauptbahnhof. Uma informação importante para as moças: o albergue tem quartos exclusivos para mulheres, com banheiro no quarto. Se você pretende viajar na época da Oktoberfest, não esqueça de fazer a reserva com bastante antecedência.

Quer imprimir esse post? Clique aqui

Siga As Viajantes no twitter

Personal Trip

About the Author

Pelo Brasil ou exterior. Sozinha ou acompanhada. O negócio é botar o pé na estrada. Tem coisa melhor?

Uma resposta para “ Munique, espírito carioca na Alemanha ”

  1. Meninas, sensacional o blog de voces.
    Estou indo viajar para a Europa na semana que vem, e durante minhas pesquisas na internet o blog de voces me ajudou muito. Parabéns@

Deixe uma resposta

Você pode usar estas tags xHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <blockquote cite=""> <code> <em> <strong>