• RSS
  • As Viajantes no Facebook
  • Siga-nos no Twitter

Santo Antônio de Lisboa, charme e preguiça em Floripa

Fim de tarde espetacular em Santo Antônio de Lisboa

Fim de tarde espetacular em Santo Antônio de Lisboa. E #semfiltro!

Nas últimas semanas, as notícias que chegam de Santa Catarina – sobre ataques violentos em diversas cidades – vêm assustando os turistas com viagem marcada para o estado. Para o bem da população, acima de tudo, torcemos para que a situação se resolva definitivamente. E também desejamos que a paz se instale por lá o mais rápido possível já que acaba de começar a melhor época para se visitar Florianópolis: a estação pós alta temporada.

Quer saber qual é a sua praia em Floripa? Clique aqui.

O alto verão é sinônimo de praias cheias, preços altos e engarrafamentos na capital catarinense. No entanto, este restinho da estação, logo depois do carnaval, é a época ideal para aproveitar o calor, um agito menos intenso e todas as atrações da cidade de um jeito mais tranquilo. E dentro da ilha destacamos o fofíssimo bairro Santo Antônio de Lisboa. Pisar lá é ter a sensação de se estar em outra cidade.

Lojas de artesanato, igrejinha, praça: um quê de cidade do interior

Lojas de artesanato, igrejinha, praça: um quê de cidade do interior

O bairro, que fica no norte de Floripa, teve colonização portuguesa até meados do século 18, quando começou a receber os açorianos que lhe deram a fama, cultura, arte e folclore celebrados hoje em dia.

A ideia era, junto com a viajante Flávia e nossos maridos, aproveitar um fim de semana em Floripa, nos dividindo entre as badaladas praias de Jurerê e as surfísticas, como Joaquina e Praia Mole. Mas não teve para nenhuma delas, foi Santo Antônio que nos arrebatou de vez naquele sábado que começou mezzo chuvoso (era setembro) e terminou com uma luz radiante.

Ostras, artesanato e pôr do sol

Não é a praia mais bonita da ilha, sem dúvida. Mas é a mais relaxante, com seus barcos ancorados, ondas quase imperceptíveis e brisa discreta. É o bairro perfeito para um almoço preguiçoso, seguido de passeio tranquilo, parando várias vezes para tomar café, sorvete e guloseimas locais.

Começamos o dia tarde (mas não chegue muuuito tarde porque o almoço acaba cedo por lá), por volta de 13h30, comendo ostras fresquíssimas e bacalhau (com vinho branco geladinho) na Marisqueira Sintra, de cara para o mar. O atendimento foi um tanto quanto “rústico” – meio bronco mesmo -, mas acho que demos azar com o garçom (e chegamos tarde, o que não ajudou muito no quesito simpatia). No entanto, a comida estava ótima e o ambiente compensou – sou apaixonada por azulejos e os da Marisqueira são lindos.

Volte sempre!

Volte sempre!

Como o pôr do sol é imperdível e ainda faltavam algumas horas para o momento esperado, fizemos hora passeando pelas lojas e feirinhas e buscamos os melhores ângulos para fotografar casas e casarões históricos. O conjunto lembra Paraty e outras cidades que preservaram seu aspecto colonial original.

De vez em quando, em meio à fileira de casas (ficávamos imaginando quem moraria ali: turistas frequentes? pescadores bem de vida?), descobríamos um “cantinho” aberto de onde se podia ver o mar, entre uma construção e outra, uma disposição de moradias que me lembrou a de algumas ilhas do Mediterrâneo, como Maiorca.

A tarde terminou com umas cervejinhas, observando o lento movimento das folhas de amendoeiras com o ventinho. De fundo, o mar com a sombra das fazendas de criação de ostras e o céu colorido que abre este post, fotografado da varanda do bar-restaurante Vila do Porto. Para voltar renovado.

 

Personal Trip

About the Author

Depois de três anos morando na Europa, Clarissa foi multada ao voltar ao Brasil. Motivo: excesso de bagagem. Mas não se arrepende. Afinal, eram muitas histórias e dicas para trazer na mala e ela não queria deixar nenhuma para trás.

4 Respostas para “ Santo Antônio de Lisboa, charme e preguiça em Floripa ”

  1. Oi Eduardo, não conhecemos esse hotel. Recomendo que você busque informações no Booking.com ou no Trip Advisor, em resenhas de outros viajantes.
    Boa viagem.
    Abraços
    Flávia

  2. aLGUEM JÁ SE HoSPEDOU NESTE HOTEL DONZEPE? http://WWW.DONZEPEHOTEL.COM.BR ? SABE SE É BOM? Recebi indicações boas, mas não sei….

  3. Bacana, Thiago. Nós adoramos também, que bom que você curtiu. Abraços!

  4. Eu visitei Santo Antonio de Lisboa em março do ano passado e valeu a visita. Toda a cultura portuguesa estampada nas ruas, casas e restaurantes do lugar tornaram um passeio muito legal de se visitar.

Deixe uma resposta

Você pode usar estas tags xHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <blockquote cite=""> <code> <em> <strong>