• RSS
  • As Viajantes no Facebook
  • Siga-nos no Twitter

Conservatória, a cidade da seresta, chorinho e cinema

ConservatóriaA profissão de jornalista é repleta de surpresas. Minha mais recente delas foi a charmosérrima cidade de Conservatória. Localizada a cerca de 2h30 do Rio, ela é conhecida como a capital da seresta. Mas a verdade é que aquelas ruas de pedras, recheadas de casarios antigos e suberbem cuidados deveria ser conhecida como a capital da cultura. Cada viela respira música e poesia.

No centro da cidade, cada casa tem na fachada uma placa com o nome de uma música e seu autor. Em seus poucos metros quadrados, há dois museus de seresteiros como, com partituras e instrumentos e a Casa do Poeta, que vende poesias. Um charme.

Entre os programas comuns na região estão caminhadas com serenatas, que podem ter até 10 km. Mas o choro já tem lugar garantido na programação cultural local. Mas o que me conquistou mesmo foi um recanto escondido do cinema, chamado de Cine Centímetro.

Cine Centímetro - Conservatória

Cine Centímetro e a casa do Ivo são quase uma Disney para cinéfilos

CINE CENTÍMETRO – O nome é uma brincadeira com um clássico cinema de rua do Rio: o Cine Metro. Fechado nos anos 70, acomodava mais de 1.500 pessoas e tinha o glamour de uma sessão de cinema daquela época: cortinas pesadas, paredes, teto e luminárias detalhadamente trabalhados. O incrível é que a réplica foi feita no quintal de um cinéfilo fervoroso, que conseguiu recuperar peças originais da antiga construção tijucana, na Zona Norte carioca.

Ivo Raposo desde criança era fã de filmes de faroeste e fascinado pelas salas de projeção. Tanto que o primeiro emprego do hoje delegado de polícia foi projetista de cinema. O hobby foi tomando forma e hoje ele abre a casa uma vez por semana, aos sábados, para sessões públicas com direito a gongo tocando para anunciar o início do filme. Uma Disneylândia para fãs de cinema.

Em setembro, todos os anos, ele promove o festival CineMúsica, com exibição gratuitas de filmes – tanto no cinema, quanto numa tenda montada na principal praça da cidade -, e shows. Entre as atrações que já passaram por lá, coisas bacanas e curiosas como uma orquestra de viola caipira.

Ponte dos Arcos - Conservatória - Foto: Off Road Bikers

A Ponte dos Arcos é um dos símbolos de Conservatória (Foto: Off Road Bikers)

SERRA DA BELEZA – Se estiver de carro, vale dar uma volta na Ponte dos Arcos. Construída no século 19 e toda feita de pedras, servia de ligação da ferrovia que alimentava a região, conhecida como Vale do Café.

O local é no caminho da Serra da Beleza, com vista para um vale completamente verde e que, exotéricos acreditam ser um ponto de acontecimentos extraterrenos e frequentados por OVNI’s.

ONDE FICAR: Se não estiver de carro, lá é a região mais indicada para ficar. Mas é possível também ficar em grandes hotéis como o Villarejo ou outras mais distantes, com vista para o verde. É o caso da Pousada da Colina, onde ficamos e eu superindico.

SERVIÇOS: Algumas considerações importantes: Conservatória é uma cidade que funciona de quinta a domingo. Nos outros dias é difícil até encontrar lugar pra comer; lá não tem caixa eletrônico, os únicos bancos disponíveis são Banco do Brasil e Bradesco.

Como eu fui a trabalho, dei de cara com uma cidade praticamente fantasma. Então, não posso indicar bons restaurantes, mas nos falaram muito bem do Dó Ré Mi e não é difícil ver adesivos do Guia 4 Rodas indicando lugares, que sempre acaba sendo uma boa referência.

Para imprimir este post, clique aqui.

Siga o As Viajantes no twitter!

Personal Trip

About the Author

De moto, barco, carro, avião, trem ou ônibus, para Alícia o importante é viajar, conhecer lugares novos, sem deixar de desbravar o Brasil.

Uma resposta para “ Conservatória, a cidade da seresta, chorinho e cinema ”

  1. Olá Alicia!
    Teu blog está muito bacana!
    Estou no Rio e lembrei que há muuuuuitos anos atrás, fui a Conservatória… E namorado quer me levar… Então, estou dando uma pesquisada e vim olhar o teu post!

    Sou de Porto Alegre e estar no Rio é sempre uma delícia!
    Beijinhos!

Deixe uma resposta

Você pode usar estas tags xHTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <blockquote cite=""> <code> <em> <strong>